Prefeitura de Taboleiro Grande realizou Audiência Pública para discutir LDO 2018!



#Gabinete da Prefeita | 18 de Maio de 2017

A Prefeitura de Taboleiro Grande, por meio da Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento, realizou nesta ultima quinta-feira, 18 de maio, uma audiência pública para apresentação do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2018. O evento aconteceu na Câmara Municipal “Palácio Antonio Alves de Souza”.

Na ocasião, estiveram presentes o vice-prefeito José Lenário, secretários municipais, vereadores e sociedade. De acordo com a prefeita Klébia Bessa, é importante que a lei seja elaborada de forma democrática para o cidadão taboleirense participar efetivamente de seu governo. “Foi importante escutar todos para eleger quais são as prioridades que vão beneficiar nossa cidade. Recebemos sugestões e propostas, a partir disso, será elaborado um orçamento determinado pela LDO”, enfatizou.

O vice-prefeito José Lenário ressaltou a importância de discutir metas com participação popular. Ele ainda afirmou que os temas que foram abordados vão resultar em desenvolvimento para Taboleiro Grande. "O objetivo da Secretaria Municipal Planejamento foi discutir a matéria de forma participativa, de acordo com a Constituição Federal e a Lei de Responsabilidade Fiscal", destacou.

A apresentação das leis foi realizada por Doutor Nilo Ferreira, e a parte contábil foi conduzida pelo controlador geral do municipal, Aurélio Honorato.


Segundo o controlador a LDO estabelece metas e prioridades da administração pública para o orçamento de 2018, bem como as diretrizes para elaboração e execução da LOA. “É muito importante que ocorra este debate entre os representantes da Prefeitura e da Câmara com a sociedade taboleirense. A Lei de Diretrizes Orçamentárias é o projeto embrionário para a instituição do Orçamento de 2018. Muitas questões relevantes foram discutidas aqui, e isso é de suam importância para o desenvolvimento do município”, afirmou Aurélio.
 
Após a LDO ser elaborada pelo Poder Executivo, a matéria será enviada ao Poder Legislativo para discussão, aprovação e conversão em lei.